versão 0.9.27

FAQ - Questões frequentes

Torna-te fã Segue-me!

BatteryCare e o Windows 8

O BatteryCare é 100% compatível com o Windows 8 (não RT). O programa corre no modo desktop, tal como no Windows 7. Porém, notará que por padrão as temperaturas não estão a ser mostradas. Isto deve-se ao facto de esta operação necessitar de permissões elevadas de Administrador e o Windows 8 não as fornece por padrão. No Windows 7, ao desactivar o UAC, esta limitação era removida, mas no Windows 8 este procedimento não resolve a situação.

Se deseja executar o BatteryCare sem qualquer limitação, é necessário que ele seja executado como Administrador. Para que o BatteryCare inicie com o Windows em modo de Administrador basta ir ao painel de opções do programa e ir ao separador "Avançadas", marcar a opção "Correr no arranque em modo de Administrador" e salvar as opções.

Agora da próxima vez que iniciar o Windows 8, o BatteryCare irá correr sem qualquer limitação e terá a funcionalidade das leituras de temperaturas, bem como a funcionalidade de pausa de serviços em modo de bateria.

O programa encerra inesperadamente durante a actualização automática

O problema deve-se a um bug introduzido apenas no instalador da versão 0.9.7.10 e para solucionar, basta seguir estes três simples passos:

1 - Desinstalar o BatteryCare, através do menu iniciar ou do painel de controlo;

2 - Fazer o download da versão mais recente do BatteryCare;

3 - Instalar a nova versão.

Não é possível obter o valor das temperaturas do CPU/HDD, aparece "n/d"

O BatteryCare necessita de permissões de administrador para poder ler a temperatura do CPU. Assim como qualquer programa de leitura de temperaturas, é necessário aceder a zonas de mais baixo nível do Sistema Operativo.

A causa:
No Windows Vista ou Seven, o Controlo de Conta de Utilizador (UAC) quando activo, bloqueia o acesso a esta informação, bem como a funcionalidade de suspensão dos serviços.

As soluções:

1 - Abra o painel de Opções e no separador Avançadas, marque a opção "Executar no arranque em modo de Administrador".

2  -  Usar a ferramenta BatteryCare UAC bypass para executar o BatteryCare no arranque, em modo de Administrador e sem limitações, mantendo o UAC activado. Isto permitirá correr o programa com todas as funcionalidades.

3 - Pode desactivar o UAC, e assim o programa corre sem qualquer limitação. Porém esta acção não é recomendada a utilizadores menos experientes, pois pode comprometer a segurança do Sistema.

Se mesmo assim não forem mostradas as temperaturas, a causa está num problema de compatibilidade com o hardware.

Não é possível instalar o programa

Caso não consiga instalar o programa através do instalador, instale a versão portable. Se ocorre um erro ao tentar executar o BatteryCare, note-se que é necessário ter instalada a plataforma Microsoft .NET 2.0 para correr o programa.

Não aparece o ícone na área de notificação, em Windows Seven

O Windows Seven, por defeito, esconde os ícones dos programas que coloquem ícones na área de notificação. Para fazer aparecer sempre o ícone, deverá ir às propriedades da barra de tarefas e configurar o ícone da aplicação que quer que seja mostrado sempre.

O ícone desaparece quando se usa a bateria

O ícone não desaparece, passa é a ser texto indicativo da percentagem e tempo restante, quando o computador funciona a bateria. Pode não ser visível quando a barra de tarefas é da mesma cor do texto (branco por defeito). Nesse caso, basta ir às opções do programa e seleccionar uma outra cor para o ícone.

A bateria é recente mas o programa mostra um desgaste muito elevado

As baterias dos portáteis, são compostas por células de energia. Regra geral são 6 por bateria, mas as baterias de maior capacidade podem ter 8 ou 12 (ou até mais) células. Uma bateria de 6 células tem, em média 60000mWh de capacidade quando é fabricada, as de maior número de células, têm este valor maior, obviamente. O problema é que há baterias que vêm programadas de fábrica como sendo de 8 ou 12 células, mas na realidade apenas têm 6. Então na capacidade desenhada é mostrado um valor correspondente às 8 ou 12 células, por exemplo 88000mWh, mas como a bateria só tem 6, o valor da capacidade actual é 60000mWh, o que calculando o desgaste dá um valor de 31,8%. Portanto se a bateria for nova, não há motivo para preocupações, apenas foi mal programada de fábrica.

Como funciona o cálculo estatístico do tempo restante?

Se um portátil não reportar o tempo restante, o BatteryCare automaticamente calcula-o. Fá-lo da seguinte maneira:

É registado o tempo que demorou a descarregar os últimos 5% de bateria, depois é feita a média de cada percentagem desses 5% e é calculado o tempo restante. Isto é bom e muito preciso porque estima o tempo restante com base no comportamento recente do computador.

Há valores na informação detalhada que não aparecem e/ou são incorrectos

Como não existem standards que obriguem todos os fabricantes de baterias a cumprir as mesmas regras de programação de baterias, cada um faz o que quer, e então temos baterias que podem omitir certos dados e/ou reportar valores incorrectos. Não é erro do programa.

É possível diminuir o desgaste da bateria?

Não. Regra geral apenas em baterias novas que não estão calibradas é que pode acontecer o desgaste diminuir ligeiramente. No resto dos casos a tendência é que a bateria se degrade com o tempo e utilização como é natural da sua química. O que se pode fazer é minimizar esse desgaste, usando o BatteryCare cujo propósito principal é mesmo esse.

A actualização automática não foi bem sucedida, e agora?

Como o programa está em constante evolução, podem surgir modificações que façam com que seja impossível actualiza automaticamente o programa. Nesse caso o que há a fazer é desinstalar o programa (as definições mantêm-se) e instalar a versão mais recente disponível no site.

A partir de que temperaturas do CPU é que há motivo para preocupações?

Depende de diversos factores, mas a minha experiência como Overclocker diz-me que valores acima de 60ºC não são recomendados. Se o portátil estiver constantemente a estas temperaturas então convém tomar medidas para as minimizar. Caso só atinja estes valores quando se usa intensivamente o computador (Jogos, p.e.) então não há motivo para preocupações. 

O BatteryCare tem algum custo?

Não! É grátis, todos podem usar! Custos por enquanto só eu é que tenho com o servidor e com cafeína.

Se quiser ajudar ou pagar-me um café, pode fazê-lo através de um donativo. Eu agradeço. :-)

Quem está por detrás do projecto BatteryCare?

Apenas eu, Filipe Lourenço. Tudo começou com uma necessidade que tinha em aprender mais sobre a manutenção da bateria do meu portátil, já que no início, por ignorância danifiquei duas baterias no espaço de meses. Então meti mãos à obra para fazer uma ferramenta que me ajudasse a controlar os ciclos de descarga da bateria. O programa foi crescendo e agora tenho o maior prazer em partilhar com o mundo o fruto do meu trabalho. :-)

 

Torna-te fã Segue-me!

Entrada     Imagens     Download     Guia     Contacto